Que tipo de enxaguante bucal utilizar?

Muito além de deixar o hálito mais refrescante, o enxaguante bucal tem que ser encarado como medicamento e, assim, ter seu uso restrito à indicação de um profissional cirurgião dentista. Pode ter uma atuação mais preventiva e profilática no combate a controle de microorganismos ou contendo substâncias como flúor, que atua no fortalecimento dos dentes. Pode ter, também, atuação mais curativa no trato de processos inflamatórios gengivais

Existem vários tipos, mas algumas dicas simples podem servir para a maioria das pessoas, como:

– Usar enxaguante sem álcool;

– Não enxaguar a boca com água após o uso;

– Sempre tomar cuidado no gargarejo para não engolir o produto.

Mesmo podendo ser útil em nossa rotina de escovação, se recomendado pelo seu dentista, o enxaguante bucal deve ser usado apenas como um complemento, sempre após o uso do fio dental e escovação. A melhor maneira de descobrir qual tipo e frequência, reforçamos, você deve usar é agendar uma atendimento com o seu odontologista.

Adquirindo um plano odontológico você garante acesso a muitos serviços e pode consultar regularmente o seu dentista. O BB Dental Essencial, por exemplo, custa R$ 45,60 por mês e tem várias coberturas.

Com informações de Sorrisologia.

Os artigos publicados em nosso blog têm o intuito de mostrar a importância da saúde bucal. O conteúdo não substitui a orientação dos dentistas ou demais profissionais de saúde.

Quer receber conteúdos exclusivos sobre Saúde Bucal? Cadastre-se aqui e aproveite!