Mascar chiclete traz benefícios ao dente?

O chiclete pode ser um importante aliado na higiene bucal, desde que seja sem açúcar. A goma de mascar ajuda na salivação, podendo produzir dez vezes mais. Com isso, ocorre a neutralização de ácidos (oriundos de bactérias), e consequentemente aumenta a lubrificação dos dentes.

Antes de consumir, verifique no rótulo se há sorbitol e xilitol. Esses adoçantes são ótimos na proteção do dente. Eles conseguem inibir o desenvolvimento da bactéria causadora da cárie.

Embora haja benefícios, é importante frisar que o chiclete sem açúcar não substitui a escovação, tampouco o uso de creme dental fluoretada e fio dental.

Fica a dica!

Fonte: Revista Saúde.

O que pode causar sangramento na gengiva

O uso da força e a má escovação são as principais causas de sangramento na gengiva. Quando a higiene bucal correta não é levada a sério, há o acumulo de placas no dente, gerando inflamação, deixando a gengiva sensível e sangrando, uma doença que também é conhecida como gengivite.

Contudo, existem casos em que o sangramento pode ser um alerta para outra doença, é o caso de: Escorbuto (deficiência severa de vitamina C), Deficiência de vitamina K, Leucemia e Púrpura trombocitopênica autoimune (quando o organismo destrói suas próprias plaquetas).

Dicas

  • Ao escovar os dentes, faça movimentos circulares e evite a força;
  • Use fio dental para remover restos de alimentos;
  • Use creme dental com flúor e redução da placa bacteriana;
  • Procure um dentista ao identificar sangue na região bucal durante as escovações;
  • Consuma alimentos saudáveis, ricos em nutrientes.

31 de maio: Dia Mundial do Combate ao Fumo

No dia 31 de maio é celebrado o Dia Mundial do Combate ao Fumo ou Dia Mundial sem Tabaco. A data foi criada pela Organização Mundial a Saúde (OMS) com intuito de alertar a sociedade sobre os riscos do cigarro e do tabagismo para a saúde.

Há mais de 50 doenças relacionadas ao vício do fumo como o câncer de pulmão, fígado, pâncreas, doenças cardiovasculares, úlcera do aparelho digestivo, catarata, osteoporose, entre outras.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), em 2019, o Brasil pode registrar cerca de mais de 31,2 mil novos casos de câncer de pulmão por tabagismo, sendo que mais de 400 pessoas morrem por dia vítimas dessa doença. Assim, 12,6% de todas as mortes registradas no país são atribuíveis ao tabaco.

Vale lembrar que a saúde bucal também é afetada. Nos casos mais graves, o tabagismo pode ocasionar o câncer de boca e a doença periodontal (gengiva), além de modificar o paladar, o olfato e ainda causar mau hálito. Mesmo sendo difícil, abandonar o vício é possível e é um importante passo para a melhoria na qualidade de vida.

As principais doenças bucais

Para ter um sorriso bonito e saudável, é preciso adotar medidas importantes como: escovar os dentes todos os dias após cada refeição, consumir alimentos saudáveis e ir ao dentista regularmente.
Com essas e outras ações, é possível evitar o surgimento de cáries, placa bacteriana, cálculo dentário e problemas na gengiva – doenças bucais que afetam muitas pessoas. Conheça cada uma delas:

Cáries
Uma das doenças mais comuns, a cárie é literalmente silenciosa. Além de gerar dor e desconforto, causa o desmantelamento progressivo dos dentes. Ela surge por meio dos ácidos que são produzidos pelas bactérias, principalmente quando ingerimos muito açúcar.

Placa bacteriana (biofilme dental)
Com restos de alimentos que se acumulam na superfície do dente e na gengiva, a placa bacteriana cria uma película viscosa e sem cor na região bucal. Pode haver rápido desenvolvimento se a pessoa ingere açúcares com mais frequência. Se a placa bacteriana não for removida, poderá ocasionar calculo dentário, mau hálito e cáries.

Cálculo dentário (tártaro)
Quando não há escovação correta, a placa bacteriana consequentemente não é bem removida. Com isso, surge o cálculo dentário, também denominado de tártaro: uma crosta amarela e dura que fica sobre os dentes; apenas o dentista poderá remover com uma limpeza profissional.

Doenças da gengiva
Também causadas por placas bacterianas, ela pode dar início a uma inflamação, a famosa gengivite. Ao identificar gosto de sangue, use fio dental, melhore e preste atenção na sua escovação. Quando mal cuidada, os problemas na gengiva podem afetar a parte interna, atingindo inclusive os ossos.

Cuide todos os dias da sua saúde bucal.

Fonte: Ministério da Saúde