Prótese e implante – qual a diferença?

Você já parou para pensar sobre a diferença entre a prótese e o implante? Embora ambos tenham a mesma finalidade de reposição de dentes perdidos, a técnica, a indicação e as características de cada um tem a sua particularidade e requer cuidados apropriados a partir da necessidade do paciente.

As próteses fixas são indicadas para aqueles que perderam um ou mais dentes em uma extensão limitada entremeada por outros dentes que possam fazer a função de pilares da ponte e nos quais a prótese possa ser fixada. As próteses móveis podem ser totais ou parciais. As totais, popularmente conhecidas como dentadura, cumprem a função de poder substituir todos os dentes de uma arcada dentária. As parciais podem ser a solução para repor dentes perdidos em múltiplos e grandes espaços de uma arcada.

Já os implantes são suportes ou estruturas posicionadas cirurgicamente no osso abaixo da gengiva para substituir as raízes dentárias. Uma vez colocados, servem como base para a fixação do dente artificial que será implantado. Apesar de ser mais caro, o implante garante mais estabilidade e conforto ao paciente.

Em qualquer escolha podem existir impedimentos, sejam eles por problemas de saúde ou estrutura óssea. Por isso a melhor opção é pedir para que o seu dentista explique todos os prós e contras para o seu caso e qual a indicação melhor se adapta a sua realidade.

O BB Dental possui cobertura para próteses simples em todos os seus planos e cobertura para próteses completas no plano Dental VIP.

Os artigos publicados em nosso blog têm o intuito de mostrar a importância da saúde bucal. O conteúdo não substitui a orientação dos dentistas ou demais profissionais de saúde.